Conversao da Carteira de Motorista (Acordo Brasil/Italia)

Entrou em vigor, no dia 13 de janeiro de 2018, o Acordo Bilateral, entre Itália e Brasil, para reconhecimento recíproco das carteiras de habilitação.  Conversão da carteira de motorista brasileira para a italiana, agora pode.

Este tratado permite, portanto, que o cidadão brasileiro, residente na Itália, converta sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) brasileira para a Patente di Guida italiana

 

O acordo:

  • tem a validade de cinco anos, de 13 de janeiro de 2018 a 13 de janeiro de 2023;
  • vale apenas para categorias A e B (carros e motos);
  • para as demais continuará sendo necessário realizar exames teóricos e/ou práticos. Mesmo que a carteira, para a qual é pedida a conversão, seja válida para outras categorias.
  • prevê a substituição do documento brasileiro pelo italiano.
  • determina que:
  • o motorista brasileiro pode dirigir na Itália (sempre no respeito ao art. 135 da C.d.S.) ou no exterior com a própria carteira de motorista brasileira, enquanto se aguarda a liberação do documento de condução italiano;
  • para os recém habilitados serão aplicadas as mesmas normas italianas vigentes para os “neopatentati”;
  • a CNH brasileira original deverá ser retida no ato da entrega da patente italiana. (O original da mesma será enviado a autoridade brasileira com uma nota onde se especifica o motivo da restituição);
  • não será realizada a entrega da patente di guida italiana caso a carteira de motorista brasileira original não seja entregue – mesmo que ela tenha sido exiba anteriormente;
  • o motorista, residente a mais de quatros, que não superar os exames de revisão (teórico e/ou prático) terá a sua carta de condução italiana anulada e perderá a CNH brasileira – que será recolhida e devolvida à autoridade emissora no Brasil (artigo 7º do Acordo).

 

A conversão da carteira nacional de habilitação brasileira pela patente di guida italiana, é possível:

  • sem exames, se a habilitação brasileira foi emitida antes da aquisição da residência italiana;
  • se o titular da CNH, no momento da solicitação, for residente na Itália a menos de quatro anos;

 

Caso o titular seja residente a mais tempo será preciso fazer os exames de revisão. O Ufficio della Motorizzazione, oportunamente, prescreverá ao motorista um documento que permitirá a sua inscrição nos exames teórico e prático.

não é possível:

  • para casos particulares – condutores que usam próteses e possuem carros adaptados;
  • se a habilitação brasileira tenha sido emitida depois de se conseguir a residência italiana;

 

O procedimento de conversão não será definido na ausência de uma resposta por parte das autoridades brasileiras.

Os brasileiros interessados deverão solicitar a conversão no Ufficio Motorizzazione Civile da sua cidade, portando os seguintes documentos:

  • formulário TT2112, disponível no balcão de atendimento do departamento ou online no Portale dell’automobilista;
  • comprovantes dos pagamentos das duas taxas;
  • a carteira de motorista original e um xerox frente e verso;

 

No momento da solicitação a habilitação original ainda não será retida.

  • a tradução juramentada da CNH;
  • duas fotografias iguais, formato “tessera”, da qual uma deve ser autenticada;

 

A autenticação pode ser realizada diretamente no balcão de atendimento. Para a autenticação da fotografia não deve ser cobrado nenhum valor.

  • certificado médico, com foto e com data não anterior a três meses, original e um xerox;

Atenção que o médico precisa ser habilitado para tal fim.

  • permesso di soggiorno ou carta di soggiorno, original e xerox;

Caso o interessado esteja esperando a primeira via do permesso, ele deverá apresentar a cópia do documento de identidade mais o xerox do recibo do pedido de primeira emissão do permesso (obtido no Ufficio Postale ou na Questura). Ou se estiver esperando a renovação por vencimento, deverá apresentar a cópia do documento de identidade mais o xerox do recibo do pedido de renovação (obtido no Ufficio Postale ou na Questura), mais a cópia do permesso vencido.

 

Dos valores:

É necessário pagar:

  • duas taxas: uma no valor de €10,20 e outra no valor de €32,00 – ambas devem ser pagas através de recibos específicos, distribuídos nos Correios e nos departamentos da motorizzazione;

a taxa (marca da bollo) do certificado médico que custa €16,00.

Fechar Menu